top of page

5 estratégias para reter talentos no seu negócio

Como reter talentos?

A retenção de talentos diz respeito à capacidade que as empresas possuem de manter seus melhores profissionais pelo máximo de tempo possível. Algo que, como você deve imaginar, só pode ser feito a partir de um conjunto de ações muito bem planejadas.


Em um mercado cada vez mais competitivo, uma estratégia sólida nesta frente já é vista por muitos como a chave para o sucesso. Afinal, sem um time satisfeito, engajado e competente é impossível para qualquer negócio ir muito longe.


Qual a importância de reter talentos nas organizações?

Você certamente já ouviu por aí que as pessoas são o bem mais valioso de um negócio, não é mesmo?


É por meio de profissionais comprometidos e qualificados que as empresas conseguem alcançar seus objetivos e obter lucro. Fica fácil compreender, então, porque a capacidade de reter os colaboradores é tão determinante para a sobrevivência das empresas.

Quando bem planejadas, as estratégias de retenção de talentos refletem em:


  • Aumento de engajamento produtividade;

  • Redução de custos (principalmente com a abertura de novos processos seletivos e com o desligamento de funcionários que pediram demissão);

  • Construção de um clima organizacional mais agradável;

  • Aumento da colaboração no ambiente de trabalho;

  • Fortalecimento da marca empregadora;

  • Resumindo: tudo o que as empresas geralmente buscam!


Estratégias para reter talentos

Realizou o cálculo acima e se assustou com o resultado? Então respire fundo! Chegou a hora de conhecer quais medidas podem ser tomadas para melhorar esse índice tão importante para o sucesso do seu negócio!


1. Ofereça um plano de carreira bem definido

Quando o colaborador entende q

ue tem chances reais de se desenvolver na organização, é muito provável que ele se sinta mais motivado a continuar na empresa. Por isso o plano de carreira é tão importante!

Se a sua empresa ainda não possui um, saiba que há ferramentas que podem ajudá-lo nesta missão. As avaliações de desempenho periódicas são um grande exemplo, já que elas trarão uma compreensão maior sobre o caminho a ser traçado.

Aliás, a avaliação de desempenho é o que embasa a criação do PDI, um plano de desenvolvimento individual bem estruturado, com objetivos, metas e prazos.


2. Crie ações focadas no bem-estar do time

A forma como as empresas se comportam para garantir condições plenas de saúde física, emocional e financeira aos seus colaboradores também tem um impacto direto na retenção, já que ajudam a criar um ambiente de trabalho mais positivo e acolhedor.

Em tempos de Burnout, onde 75% de profissionais da geração Z e 50% da geração Y disseram já terem deixado cargos em razão de problemas psicológicos, as ações nesta frente devem ser vistas como prioridade.

Vale, inclusive, contemplar os cuidados com a saúde física e mental no plano de benefícios!


3. Forme os líderes continuamente

Sabia que cerca de 50% das pessoas pedem demissão por causa do chefe?

Os dados, que pertencem a uma pesquisa realizada pela Gallup, deixam claro que uma liderança preparada para lidar com colaboradores plurais e guiá-los em meio aos múltiplos desafios do mundo do trabalho faz toda a diferença!

4. Incentive a comunicação clara e empática

Quando a empresa cria espaços de diálogo acolhedores e comunica as suas ações com clareza, a tendência é que os colaboradores se sintam mais seguros para se expressar e mais abertos para receberem feedback.

Essa troca, que pode e deve ocorrer em todos os níveis da organização, é o caminho para a construção de relações de trabalho mais positivas, bem como para o crescimento contínuo dos times.


5. Ofereça bons salários e benefícios

Embora questões como flexibilidade e ambiente de trabalho positivo sejam muito valorizadas, a oferta de salários competitivos continua pesando bastante na retenção de talentos.


Portanto, nada de negligenciar esse aspecto em detrimento de outros, ok?

Juntamente com um bom pagamento no fim do mês, os colaboradores também buscam por benefícios que os ajudem a ter mais qualidade de vida. Prova disso é que, segundo a Betterfly, 77% dos trabalhadores gostariam que a sua empresa melhorasse o pacote oferecido nesta frente.


Entre os benefícios mais desejáveis, estão: plano de saúde, seguro de vida, vale-alimentação e refeição, planos de academia, apoio psicológico, entre outros.


Fonte: Feedz

Comentários


bottom of page