top of page

4 medidas para cuidar do seu dinheiro em tempos de inflação alta

A inflação obrigou vários países a elevarem as taxas de juros em 2022 para tentar controlá-la. A situação também é refletida nas finanças pessoais.

Taxas de juros mais altas encarecem o crédito, dificultando a compra de um carro ou de uma casa, bens que pouquíssimas pessoas podem adquirir sem recorrer a um empréstimo.

A BBC News Mundo, serviço de notícias em espanhol da BBC, conversou com alguns especialistas em finanças pessoais em busca de dicas para administrar melhor nosso dinheiro.


1. Mantenha a calma apesar das pressões

Quando chega um momento de crise, não é raro que venha junto um sentimento de angústia ou pânico em relação ao que está acontecendo. É o que ocorre com quem tem muitas dívidas ou perde parte da renda.


"A primeira coisa que devemos fazer é ter calma para manter a cabeça fria antes de tomar qualquer decisão", sugere à BBC News Mundo Karla Costal, especialista em finanças pessoais, investimentos e educadora financeira do site mexicano queridodinero.com.


2. Faça um orçamento detalhado

Para cuidar do seu dinheiro, o essencial é ajustar seu orçamento, explica Melissa Lambarena, especialista em finanças pessoais e cartão de crédito da NerdWallet.


Para isso, você deve fazer uma lista com suas receitas e despesas —e "identificar aqueles gastos desnecessários que você pode cortar do seu orçamento". 3. Plano para quitar as dívidas

De repente, chegou o dia em que suas dívidas se acumularam.

Pode ser que você esteja pagando a hipoteca da sua casa, o financiamento de um carro, um empréstimo bancário para cobrir uma emergência médica, o crédito universitário, além dos dois cartões de crédito que você sempre usou no dia a dia.

Com tantos compromissos financeiros, você pode ver a dívida como uma montanha quase impossível de escalar.

Mas há alguns métodos populares para lidar com o pagamento da dívida, como o "bola de neve" e a "avalanche".

O método bola de neve consiste em ordenar as dívidas da menor para a maior.

A ideia é pagar o mínimo de todas elas todos os meses, e colocar todo o dinheiro extra que tiver na menor dívida.


4. Não se esqueça de poupar

Se você está com problemas financeiros, e as dívidas se acumularam, talvez a parte de economizar pareça algo inalcançável.

No entanto, quem conseguiu arcar com todas as suas despesas, tem a missão de poupar uma parte, por menor que seja.

Há diferentes tipos de poupança. As economias de curto prazo são usadas para cobrir gastos como as próximas férias ou um carro novo. É uma economia específica para um determinado fim desde o início. Fonte: BBC NEWS

Comentarios


bottom of page